vinagre de maça: a solução para combater as viroses nas abelhas?

Das primeiras dicas que recebi quando iniciei a minha actividade apícola em 2009 foram os benefícios de utilizar o vinagre para curar a ascosferiose (criação de giz) e para evitar a fermentação do xarope de açúcar e torná-lo mais palatável e atraente para as abelhas. Da minha experiência o vinagre não resolveu a ascosferiose nas colmeias submetidas ao tratamento. O benefício para evitar a fermentação do xarope de açúcar fiquei com a impressão que o alcancei. Sobre se o tornou mais palatável não tenho forma de o confirmar.

Como deixei há muito de alimentar as minhas abelhas com xaropes açucarados deixei também de utilizar o vinagre. Qual a razão desta publicação, então? A razão é simples: no dinossáurico fórum Bee-L (imaginem que ainda funciona através de e-mail, raramente tem imagens, os textos dos intervenientes são longos em geral, muito bem escritos e, sobretudo, as conversas e debates são de grande qualidade — como os invejo, aos falantes do inglês, e ao mesmo tempo lamento que em português não exista nada de remotamente semelhante!), é o tema quente do momento. O debate iniciou-se quando um apicultor canadiano, E. Tardif, postou o vídeo em baixo.

Os que visionaram este pequeno vídeo puderam constatar que o que está em causa é muito diferente do que estamos habituados a ouvir sobre os supostos efeitos benéficos do vinagre de maçã. Já não se trata de curar a ascosferiose, não se trata de evitar a fermentação do xarope, ou torná-lo mais atraente. O que está a ser aventado é outra coisa: a possibilidade de a acidificação do xarope de açúcar contribuir para a desestruturação dos vírus da paralisia, da criação ensacada e das asas deformadas. O estudo referido no vídeo, que me dispenso de o traduzir dada a sua complexidade, os mais interessados podem lê-lo aqui: https://www.science.org/doi/10.1126/sciadv.abd7130.

Os apicultores que intervieram no debate no Bee-L, estão cépticos sobre os benefícios da utilização do vinagre de maçã. Entre outras razões referem um estudo que verificou danos nas abelhas pela acidificação com sumo de limão do xarope. Este estudo, curiosamente, foi referenciado por mim há uns meses atrás (aqui e aqui).

Nota: não posso deixar de relevar a menção que se faz no vídeo ao efeito prejudicial dos xaropes de açúcar não acidificados. No que respeita ao meu maneio é um problema que “não me assiste”, porque há muito perdi as ilusões sobre o pretenso efeito estimulante das xaropadas e deixei de as utilizar.

2 comentários em “vinagre de maça: a solução para combater as viroses nas abelhas?”

  1. O que está em causa é a acidez e esta é uma caraterística dos vinagres em geral e não apenas do vinagre de sidra. No vídeo não encontro nada que leve a concluir que os vinagres com outras origens não terão o mesmo efeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.