sumo de limão no xarope: um benefício ou um prejuízo?

Muitos apicultores misturam o sumo de limão nos xaropes de açúcar que fornecem às abelhas para evitar a sua fermentação e/ou promover a inversão dos açucares. O sumo de limão, para além de ser um acaricida ineficiente, pode ser prejudicial quando adicionado aos xaropes açucarados, de acordo com o estudo em baixo, publicado já este ano. Fica a tradução do resumo.

“A escassez de alimentos, juntamente com os stressores bióticos, contribui para as perdas de colónias de abelhas melíferas no inverno. No outono, para apoiar as colónias de abelhas e prepará-las para o inverno, os apicultores podem fornecer xaropes caseiros que podem conter compostos com possíveis efeitos colaterais negativos. Neste estudo, investigamos a toxicidade de um desses compostos (por exemplo, hidroximetilfurfural, HMF) em doses consistentes com dados da literatura tanto para abelhas saudáveis ​​quanto para abelhas debilitadas pelo seu parasita mais importante (ou seja, Varroa destructor). Para reforçar os dados disponíveis sobre a concentração de HMF em xaropes de açúcar, também investigámos a formação de HMF em xarope de açúcar invertido 2: 1 caseiro, considerando, em particular, a influência da temperatura ou do tempo de ebulição em diferentes xaropes de açúcar caseiros de acordo com sua acidez. Finalmente, estudamos os efeitos da acidez dos xaropes de açúcar na sobrevivência das abelhas e testamos se a inversão da sacarose por meio da acidificação é realmente necessária. Concluímos que doses de HMF semelhantes àquelas relatadas como subletais na literatura parecem não ser tóxicas mesmo para abelhas infestadas com ácaros. No entanto, a quantidade de HMF que pode ser encontrada em xaropes caseiros, que aumenta com a temperatura e a acidez, pode ser muito maior e pode causar mortalidade significativa de abelhas. Além disso, destacamos o efeito prejudicial da acidez dos xaropes na sobrevivência das abelhas, sugerindo que a adição de limão ou qualquer outra substância acidificante para inverter a sacarose pode ser prejudicial e desnecessária. Nossos resultados sugerem uma abordagem responsável para a nutrição caseira da colónia.”

fonte: https://link.springer.com/article/10.1007%2Fs13592-020-00745-6

Nota: Quando fazia os meus xaropes caseiros utilizava o vinagre (solução aquosa de ácido acético) para evitar a fermentação. Quero deixar claro que não conheço dados experimentais acerca dos efeitos da adição de vinagre ao xarope.

2 comentários em “sumo de limão no xarope: um benefício ou um prejuízo?”

    1. Viva, Rodrigo! O que retiro do resumo, e salvo melhor interpretação, foi que avaliaram vários aspectos: os efeitos de diversas concentrações HMF sobre o tempo de vida de abelhas não parasitadas e parasitadas pelo varroa; a formação de HMF em xaropes caseiros em função da temperatura, tempo de ebulição e acidificação; estudaram os efeitos da acidez dos xaropes de açúcar na sobrevivência das abelhas e testaram se a inversão da sacarose por meio da acidificação é realmente necessária. Infelizmente não tenho acesso ao estudo para apresentar dados mais detalhados porque está sujeito a uma “paywall”. Sem mais informação, e juntando esta a outra que fui recolhendo, parece-me que a utilização do sumo de limão, o melhor ácido orgânico que se conhece para efectuar a inversão total da sacarose em glicose e frutose, aumenta o potencial de formação de HMF, sabendo que este se forma directamente a partir daqueles dois monossacarídeos. Em resumo, o sumo de limão é prejudicial quando utilizado nestas condições. Cumprimentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.