mel claro: início da cresta de 2021

Ontem, para o Marcelo Murta, que me veio ajudar, e para mim, o dia começou às 6h45m.

Por volta das 7h50 estávamos a entrar neste apiário de Lusitanas, território das flores com coração, para iniciar a cresta dos méis claros deste ano. O plano era crestarmos os sete sobreninhos lá presentes. Por volta das 9h10 estávamos de regresso a casa, com a carga que tinha sido planeado trazer. As imagens são do início desta cresta e extracção deste néctar prístino, intocado, que fluiu de forma natural e primitiva entre as abelhas.

Umas das sete colónias com sobreninho crestadas.
5 dos 10 quadros foram transferidos para o corpo vazio colocado à esquerda. Cada sobreninho pesava aproximadamente 45 kgs.
Corpo com 5 quadros depois de desabelhado por um soprador.
Crestado o sobreninho, a colónia fica com uma meia-alça (alça) e excluidora de rainha.
Chegada a casa com 14 corpos cada um com 5 quadros.
Fotografia de um quadro…
Caindo para um coador, um mel de cor clara, cujo paladar e aroma muito frutado e persistente, fazem dele um mel surpreendente e muito apreciado por todos os que o provaram..

A todos nós que iniciámos a cresta, ou a vamos iniciar, desejo uma boa cresta e colheita. Que o semeado ao longo de meses tenha agora correspondência no que colhemos.

4 comentários em “mel claro: início da cresta de 2021”

  1. Bom dia a todos

    Leio os seus posts que aprecio muito. Tenho 2 pequenos apiarios no concelho de Almeida e gostaria de uma opinião sobre a cresta. No ano passado fiz uma a meio de Agosto e outra que foram quadros que deixei propositadamente nas meias alças no final de Outubro. O primeiro era um pouco mais escuro do que o esperado e o segundo era o que pretendia ou seja Creme para barrar.

    Alguma sugestão para obter um mel clarinho já que tenho 80% de rosmaninho.

    Apimiuzela

    1. Boa tarde! Para obter mel claro, de rosmaninho por ex., deve crestar em junho, ou início de julho, antes de as abelhas terem as meladas e as florações do castanheiro disponíveis.

  2. Se de cada sobreninho tirou 5 quadros qual o destino do sobreninho com os restantes quadros ,visto que por sobre o ninho colocou uma meia alça. É espectavel que essa meia alça ainda seja repleta de mel esta época? Parabéns o seu mel tem um aspecto magnifico obrigado por nos mostrar .
    Cumprimemtos
    José Encarnação

    1. Bom dia, José! Para cada colónia crestada, sete, levei um corpo vazio. Coloquei 5 quadros nos corpos vazios e os restantes 5 vieram nos corpos que estavam sobre as colmeias. Desabelhei dois por colmeia e trouxe 14 corpos, mencionados na publicação. A meia-alça já se encontrava sobre a colmeia e as abelhas estavam a puxar a cera e colocar algum néctar. Deixei ficar a ver se ainda dá algum mel. De qualquer forma este aspecto ilustra a minha abordagem geral na cresta: não passo de um momento para o outro uma colmeia com por exemplo 3 meias alças para zero. Vou crestando gradualmente estas colmeias, procurando não reduzir drasticamente o espaço das abelhas. Cumprimentos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.