o comportamento das abelhas (Apis mellifera ligustica) durante o duelo de rainhas

“O conflito é raro entre os membros de uma sociedade altamente cooperativa, como uma colónia de abelhas. No entanto, o conflito dentro de colónia aumenta drasticamente durante a reprodução da colónia (no processo de enxameação) quando rainhas recém-nascidas lutam entre si até que apenas uma rainha permanece no ninho. Este estudo descreve o comportamento de rainhas e obreiras durante a ocorrência natural do combate entre rainhas. Os duelos de cinco pares de rainhas foram observadas em três colónias de observação. Um duelo típico é descrito de forma qualitativa e os eventos de todos os cinco duelos são descritos quantitativamente. Vários aspectos de duelos que são de interesse particular são examinadas em detalhe, incluindo o comportamento das rainhas perto de realeiras seladas, a agressão de obreiras em relação a rainhas, os sonidos da rainha, e a relação da rainha com o comportamento das obreiras para o resultado do duelo. O resultado desta investigação serve como uma base para o teste rigoroso de hipóteses sobre o significado dos comportamentos adaptativos das rainhas e obreiras durante o combate entre rainhas. Os resultados sugerem os seguintes padrões comportamentais:

  • procura de realeiras por parte de jovens rainhas recém-nascidas para matar rainhas rivais enquanto elas estão vulneráveis;
  • as obreiras agridem estas rainhas para as impedir de destruir as realeiras;
  • as rainhas produzem sonidos para inibir a agressão das obreiras;
  • as obreiras imobilizam  algumas rainhas para torná-las alvos fáceis das rainhas rivais;
  • as rainhas ejetam conteúdos do intestino para provocar a imobilização da sua rival por parte das obreiras.”

Fonte: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1046/j.1439-0310.2001.00692.x/abstract?systemMessage=Wiley+Online+Library+will+be+unavailable+on+Saturday+27th+February+from+09%3A00-14%3A00+GMT+%2F+04%3A00-09%3A00+EST+%2F+17%3A00-22%3A00+SGT+for+essential+maintenance.++Apologies+for+the+inconvenience.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *