eu faço assim: controlar a infestação da varroa

Agradeço ao José Marques a descrição, em baixo, dos procedimentos que utiliza para controlar a varroa.

O VAD é um vírus oportunista que aproveita o enfraquecimento provocado pela varroa para se desenvolver com grande velocidade e intensidade. Por isso curar a varroa é curar o VAD.
Entrando no modo “EU FAÇO ASSIM”:
Medidas preventivas gerais:
– usar caixas limpas e desinfectadas
– usar ceras novas e não contaminadas
– não manter colmeias doentes no apiário (curar rapidamente)
– Manter as colmeias sempre com reservas
Medidas preventivas contra a varroa e consequentemente contra o VAD:
– Tratar com químico de síntese depois da cresta (Julho)
– Tratar com químico biológico em Novembro
– Tratar com químico biológico (Fevereiro/Março), todas as colmeias, 45 dias antes do início da criação de rainhas (Março/Abril)
– Tratar, rapidamente, as colmeias que apresentarem sintomas ao longo do ano.
Melhoramento deste método:
– Ensaios e selecção de colmeias com abelhas mais higiénicas e defensivas
– Ensaios periódicos da percentagem de varroas e tratamentos adaptados
– Ensaios das percentagens de varroa, depois dos tratamentos aplicados. para verificar a eficácia conseguida.
Estou certo que haverá muitos apicultores com boas e más experiências neste domínio, que a todos os outros, interessaria conhecer.
Saudações

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.