quantas lâminas de cera vou necessitar

Um dos erros frequentes dos apicultores, sobretudo dos menos experientes, é não fazerem uma previsão e aquisição atempada de material e equipamentos necessários ter mais à mão. Quando a velocidade das diversas operações no apiário passa do ponto morto, ou de uma primeira velocidade, para a 5ª ou 6ª velocidade, e muitas vezes em menos de três semanas (o que acontece habitualmente no final do inverno/início da primavera), ter o material e os equipamentos preparados ou disponíveis, traz um ganho de tempo assinalável na prontidão da resposta e na execução da mesma. Importa ter sempre presente que todo o apicultor que deseja ser efetivo no seu maneio deve estar uma meia-alça à frente das abelhas.

Vem isto a propósito de uma chamada que o meu fornecedor habitual de cera me fez nesta manhã, a pedir-me que fizesse a reserva de cera laminada para as minhas necessidades de 2016. A cera laminada é um produto de primeiríssima necessidade para o exercício de uma série de operações apícolas da maior importância.

Unknown

Fig. 1 — Cera laminada pronta a colocar em quadros de colmeia

Importa-me agora, no entanto, mais que descrever e qualificar  a utilização de cera laminada nova, quantificar as suas necessidades. Esta quantificação permite-nos adquirir a cera laminada, presumivelmente necessária, em tempo útil. Apresento os meus cálculos, e mais importante a forma de os fazer. Assim, todos os que os entenderem como adequados, poderão ajustá-los à sua dimensão apícola.  Naturalmente, não me arrogando dono da verdade, estou humildemente disposto a que, através dos comentários que acharem por bem fazer, melhorar e rectificar o que haja a rectificar nestes cálculos.

1.Partindo do meu cenário com 500 colmeias, vou identificando as etapas e os factores dos meus cálculos. Inicio pelo cálculo das necessidades de cera laminada para os ninhos das 500 colmeias:

1.1. — renovar em média 3 quadros do ninho de cada colmeia: 500 x 3 = 1500. Necessito de ter 1500 lâminas de cera para os ninhos;

1.2. — em média 12 ceras laminadas (quadros Langstroth e Lusitanos) pesam cerca de 1Kg: 1500/12 = 125 Kg. Necessito de 125 kg de cera laminada para suprir as necessidades de cera nos ninhos das minhas colmeias.

  1. Cálculo das necessidades de cera laminada para as meia-alças meleiras, tendo em conta que tenho cerca de 300 meias-alças armazenadas com cera puxada:

2.1 — colocar em média 1,5 meia-alças por colmeia e por fluxo de néctar: 750 meia-alças a que subtraio as 300, resulta que vou ter que laminar 450 meia-alças;

2.2. — estimo necessitar de laminar cerca de 200 meias-alças Langstroth. Cada meia-alça leva 8,5 quadros (algumas meias-alças são de 9 quadros e outras são de 8). Necessito laminar 200 x 8,5 = 1700 quadros de meia-alça Langstroth. Em média 24 lâminas de meia-alça Langstroth pesam cerca de 0,9 Kg. Para suprir as minhas necessidades de cera laminada para as minhas meia-alças Langstroth necessito de cerca de 65 Kgs de cera (1700/24 x 0,9 = 63,75 Kgs);

2.3. — Estimo necessitar de laminar cerca de 250 meias-alças Lusitana. Cada meia-alça leva 8,5 quadros (algumas meias-alças são de 9 quadros e outras são de 8). Necessito laminar 250 x 8,5 = 2125 quadros de meia-alça Lusitana. Em média 24 lâminas de meia-alça Lusitana pesam cerca de 0,75 Kg. Para suprir as minhas necessidades de cera laminada para as minhas meia-alças Lusitana necessito de cerca de 65 Kgs de cera (2125/24 x 0,75 = 66,40 Kgs).

No fim destes cálculos quero realçar o óbvio: são cálculos aproximados, são os da minha realidade e são feitos tendo em conta o peso específico das lâminas de cera que vou adquirir. Em relação a este último ponto, nunca é de mais enfatizar, que dependendo do fabricante/moldador de cera, o número de lâminas por Kg pode variar um pouco.

A terminar desejo a todos que consigam adquirir cera de qualidade, que sendo de qualidade ajuda o trabalho das nossas abelhas.

3 thoughts on “quantas lâminas de cera vou necessitar”

  1. Boa tarde Eduardo!
    Estive agora a ler este post que pode ajudar e muito quem, como eu, tem pouca experiência. Eu uso o modelo reversível exclusivamente para que tudo seja compatível. Os meus cálculos são que 1 ninho leva 700/800 gr (depende de quem molda a cera, nomeadamente a espessura das lâminas). Assim e dependendo do número de desdobramentos que pretendo fazer cálculo a quantidade de cera (eu estou na fase inicial em que a preocupação maior é aumentar efetivo). Para as meias alças as contas são idênticas às do Eduardo.
    Cumprimentos;

  2. Bom Dia.
    Seus cálculos estão iguais aos meus. Más, tenho uma dúvida, qual a quantidade de cera necessária para soldar a lamina no quadro? Pois no caso de apicultura migratória é necessário a fixação da cera no quadro para evitar que ela solte durante o transporte.
    Se for possível fazer este cálculo, agradeço.

    1. Bom dia Nailton
      Nunca fiz essa estimativa. No primeiro ano de apicultura também soldava a lâmina de cera ao quadro com um fio de cera. De lá para cá deixei de o fazer. Também faço transumância/apicultura migratória e sempre tudo correu bem a este respeito. Tenho o cuidado de os soldar muito bem aos arames. Não sei se já observou que os quadros são rapidamente soldados pelas abelhas nesse ponto fazendo o trabalho por nós.

      Sem grande rigor e certeza julgo que poderá necessitar de 5 a 10 gr de cera por quadro para os soldar à ranhura. Pode ser que um companheiro tenha esses cálculos já feitos e o possa ajudar.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *