luta contra a Varroa destructor: comparando os medicamentos MAQS ™, HopGuard® e ApilifeVar®

Da análise dos resultados deste estudo/ensaio técnico conduzido na Alsácia (França) rapidamente se constata a grande variabilidade de eficácia obtida com a utilização de três acaricidas orgânicos. Cito:

“As eficiências obtidas foram altamente variáveis de uma colmeia para outra:

  • ApiLifeVar® (3 aplicações com 1 semana de intervalo): 73% de eficiência * (± 17% de Desvio Padrão) ;
  • MAQS ™ (1 aplicação): eficiência de 49% (29% ± SE). As variações na eficácia entre colmeias são importantes (variam de eficiência de 97% para 7%).
  • HopGuard® (3 aplicações com 1 semana de intervalo): eficiência de 29% (15% ± SE). Este medicamento é administrado a EUA como um tratamento eficaz no inverno (sem criação/postura). Neste teste, utilizou-se com criação, multiplicando aplicações.”

fonte: Essai technique 2013 : comparaison MAQS™, HopGuard® et ApilifeVar® – Conseiller apicole – Chambre Agriculture de Région Alsace 

Quer o ApiLifeVar quer o MAQS  fazem parte do menu de acaricidas homologados no nosso país na luta contra a varroose. Desse menu fazem parte também outros acaricidas orgânicos assim como sintéticos. Neste aspecto a DGAV está a seguir as melhores práticas recomendadas pelo comité Europeu de Veterinários, a saber, homologar e disponibilizar aos apicultores a maior diversidade possível de princípios activos.

Apetece-me dizer com base nos resultados destes ensaios comparativos na Alsácia que ainda bem que dispomos de outros orgânicos e sintéticos para além do ApiLifeVar e do MAQS  porque a variabilidade de eficiência que os resultados demonstram neste ensaio não são para deixar quem quer que seja tranquilo. Se para alguns de nós estes acaricidas  fazem parte do plano A, será muito confortável ter outras famílias de acaricidas disponíveis para que um eventual plano B seja posto em marcha.

Em conclusão, julgo que neste particular a DGAV está a fazer o que deve ser feito alargando cada vez mais o menu de acaricidas disponíveis e homologados, seja a sua natureza sintética ou orgânica. Em sentido contrário vão alguns países europeus, como por exemplo na Áustria onde se restringiu os homologados a uns poucos medicamentos orgânicos, e que nos últimos anos tem aparecido entre os países com os índices mais elevados de mortalidade invernal de colónias de abelhas (ver COLOSS). E como bem sabemos a mortalidade invernal tem por detrás um protagonista principal: o ácaro da varroa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *