eu faço assim: criação de abelhas rainha

Por José Marques:

Peço que abra, a todos os seguidores, um portal ” EU FAÇO ASSIM” :
– Selecçiono uma colmeia do apiário. Retiro a rainha, um quadro com criação tapada e outro de provisões, completo com quadros vazios e levo este núcleo para outro ponto do apiário. Fica a parte restante da colmeia ( quatro ou cinco quadros de criação, um ou dois quadros de provisões e quadros vazios. As duas colónias são alimentadas com xarope de água e açucar.
– Passados 10 dias faço, nas restantes colmeias do apiário, tantos núcleos de dois quadros (+ um quadro com células), quantos os quadros com células da colmeia selecçionada que tiver, em geral três a cinco.
Nota: Podem cortar-se as células e formar mais núcleos com três quadros das colmeias do apiário
Os núcleos formados ficam nos locais das colmeias e estas são deslocadas para outros pontos do apiário.
Todas as colónias são alimentadas.
O processo é satisfatório e espero que gostem.

eu faço assim: propósito desta categoria temática

Nesta nova categoria do blogue abelhas à beira, e seguindo a boa sugestão do José Marques,  pretendo criar um espaço dedicado à partilha de conhecimentos, técnicas, ideias, questões e dúvidas, entre outros aspectos, que os seguidores e leitores deste blog desejem partilhar.

A partilha de conhecimentos não nos tira nada, muito pelo contrário. A velha e estafada ideia que “o segredo é a alma do negócio” faz cada vez menos sentido na aldeia global em que todos vivemos. Desde já o meu agradecimento a todos os que no passado partilharam generosamente o que sabiam e àqueles que no futuro o vierem a fazer.